Arquitectura e imagem*

O papel da fotografia na arquitectura

Daguerreotipo-Boulevard-du-Temple-primeiras-figuras-humanas-registadas-numa-fotografia-1838-por

A máquina fotográfica tem a capacidade de ampliar a nossa visão em termos de tempo e espaço. Neste sentido, a fotografia pode levar à descoberta.

A fotografia na história da arquitetura é frequentemente usada de uma maneira altamente convencional, simplesmente para descrever ou identificar os edifícios numa discussão.

Susan Sontag, escritora e crítica, descreve a fotografia como um simples apertar de um botão para renderizar um trabalho completo. Contudo, a fotografia mudou a forma como pensamos sobre a arquitetura.

Actualmente somos constantemente sobrecarregados pela proliferação de imagens. Somos bombardeados por belas fotografias de edifícios todos os dias, e é necessário dar um passo atrás e olhar de uma forma mais crítica para uma relação entre as duas disciplinas para lembrar o papel que a fotografia desempenhou na disseminação de comunicação da arquitetura.

Mas além disso, de que forma os artistas estão a responder à arquitetura na prática fotográfica para dizer algo mais sobre como vivemos hoje. No fundo, a arquitetura é apenas um protagonista para olhar o mundo e a fotografia uma das suas mais importantes ferramentas.

Ao longo do último século os fotógrafos moldaram a perceção pública da arquitetura bem como a narrativa da arquitetura moderna, em vez de meramente documentar o trabalho do arquitecto. A relação simbiótica entre fotógrafos e arquitetos tem adquirido muito mais significado do que apenas a utilização da imagem para fins de divulgação. Esta relação influenciou a maneira como a arquitetura é disseminada, mas também a forma como os arquitetos vêm o seu próprio trabalho e, por consequência, a forma como consideram o seu trabalho.

A fotografia pode ser usada como um meio, não apenas para compreender as intenções do arquiteto, mas também a sua experiência e realidade vividas, e ao mesmo tempo explorar o valor simbólico da arquitetura no meio fotográfico.

O trabalho dos fotógrafos ajudou a transformar a arquitetura num estilo de vida que passou a ser comunicado a um público mais amplo, estabelecendo um precedente que transformou a fotografia numa das ferramentas de marketing mais poderosas da arquitetura.

Não fará sentido expandir a aplicabilidade da fotografia na arquitectura e começar a olhar e explorar a fotografia como uma ferramenta para descoberta e análise no processo de concepção arquitetónico?

Independentemente da forma como é utilizada, a fotografia e a arquitetura estão destinadas a permanecerem entrelaçadas.

* Este artigo foi originalmente publicado na revista online Wall Street International Magazine [09/09/2018]

Imagem: Daguerreótipo: Boulevard du Temple (primeiras figuras humanas registadas numa fotografia),1838, por Daguerre

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s